Índice

Para mais conteúdos como este, cadastre-se para receber nossa newsletter.

Quero receber

Compartilhe

 

Uma das principais propostas do UX Design é a harmonia entre os elementos visuais e suas funcionalidades. Tal cuidado entregará a melhor experiência ao usuário, transformando o produto digital em um grande case de sucesso.

No entanto, embora cada designer tenha um caminho diferente na construção de um site, existe uma lista de tarefas essenciais sobre o que deve ser feito, além das regras básicas de fácil usabilidade e estética agradável.

Por isso, separamos as quatro dicas fundamentais de UX para o desenvolvimento do seu site. Continue a leitura com a gente e descubra!

 

  1. Responsividade

Há quanto tempo você não escuta mais a expressão “vou entrar na internet”? O que antes era uma distância, hoje basta pegar o celular para acessar e pronto: estamos online, sem dificuldades. Até mesmo os relógios, pulseiras, TVs, aspiradores e geladeiras se conectam nessa velocidade.

Dito isso, é necessário criar um produto ou serviço digital pensando no público que usa principalmente os dispositivos móveis. Essa observação influencia totalmente no sucesso do seu negócio.

O formato recomendado para os desenvolvedores garantirem esse cuidado é através da responsividade – um conjunto de técnicas e configurações que permitem a adaptação de um site às dimensões da tela do dispositivo. Dessa forma, você evita experiências ruins no mobile. Afinal, ter que ampliar a visão da tela com um zoom ou se esforçar demais para ler uma fonte pequena na tela do smartphone pode ser muito frustrante.

Além da usabilidade, a responsividade é um recurso muito valorizado pelo Google na hora do rankeamento. Sites não responsivos dificilmente aparecerão entre os primeiros lugares nos resultados das pesquisas.

 

  1. Simplicidade e funcionalidade

Desenvolver um layout inovador é legal. Mas lembre-se das regras básicas para não exagerar e comprometer a usabilidade. Existem certos padrões que o usuário já espera encontrar no instante do acesso. Alguns exemplos:

 

– Logotipo: é bem comum a marca ser aplicada no canto superior esquerdo da página e ao ser clicada, o visitante é levado à página home;

– Contato: já é um hábito encontrar o telefone e endereço no rodapé ou em uma aba chamada CONTATO, com informações mais completas, até mesmo o mapa da localização da loja ou escritório;

–  Campo de pesquisa: o ícone da lupa é clássico! Uma forma clara e funcional de identificar a ferramenta de pesquisa que normalmente é aplicada no canto superior direito;

– Hiperlinks: são sempre aplicados em cores diferentes do restante do texto. Assim, o usuário reconhece imediatamente que a palavra destacada é clicável.

Além das regrinhas básicas apresentadas acima, pratique sempre a clareza das informações. Garanta que a interface tenha uma linguagem clara e de fácil entendimento sobre quais ações o visitante pode executar dentro do site.

 

  1. CTAs poderosos

Os CTAs (call-to-action) são mensagens, botões, imagens ou outros elementos que induzem o visitante a tomar uma decisão no site, como clicar. É uma excelente estratégia para conduzir as conversões na página.

No entanto, muitos dos CTAs aplicados não funcionam. Os usuários estão cansados de frases chatas e sem personalidade, como “download” e “clique aqui”. Se a proposta de valor não estiver perfeita, o CTA não funcionará. Portanto, avalie as possibilidades de criar CTAs poderosos e diferentes, sem deixar de lado a clareza da mensagem.

Também vale a pena testar cores, formas e textos distintos para descobrir o que funciona melhor. Durante estas validações, tenha em mente a persona consumidora do seu conteúdo, pois isso trará mais assertividade ao trabalho. Quanto mais você conhecer a audiência, mais interessante o conteúdo produzido será para ela. O que nos leva para a quarta e última dica.

 

  1. Conheça a fundo o seu usuário

Dentro de UX, existe uma área dedicada exclusivamente ao entendimento do usuário e os seus feedbacks. Trata-se do UX Research. A realidade é que nem todos os times de UX possuem um profissional dedicado ao estudo do público, mas por mais enxuta que seja a equipe, jamais deixe de fazer um levantamento das personas. Só assim você entenderá os tipos de clientes e as necessidades de cada um deles. Pode ter certeza de que tudo ficará mais claro após essa análise!

As descobertas das pesquisas servirão como um verdadeiro guia para moldar as funcionalidades criadas, as formas de uso das páginas, a linguagem de texto e até mesmo o design.

 

A arte de desenvolver um bom UX Design

São muitas as técnicas e conhecimentos que precisam ser aplicados na construção de um produto digital. Contar com um especialista para terceirizar essa demanda é uma excelente opção! Assim, você ganha tempo para gerenciar o seu negócio.

Aqui na Attri temos um time completo em UX, especializado em estudar o target e construir o melhor produto ou serviço digital, respeitando todas as boas práticas de usabilidade e experiência do cliente. Fale com um de nossos especialistas!

Fale com um especialista

Compartilhe

Quem escreveu este conteúdo:

Pedro Hermano

Pedro Hermano, bacharel em Publicidade e Propaganda pela (ESPM), especializado em Branding e Planejamento Estratégico de Marcas na McGill University, no Canadá e em Marketing Digital em Harvard. Pós-graduado em Gestão de Negócios pela Fundação Dom Cabral (FDC) e atualmente é sócio-fundador e diretor de criação da Attri. Em 2018, foi eleito Profissional Digital do Ano pela ABRADi-SP.

Inscreva-se em nosso blog

Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email