Índice

Para mais conteúdos como este, cadastre-se para receber nossa newsletter.

Quero receber

Compartilhe

Se você vive em 2021, seja qual for o lugar do mundo, a Amazon pode e vai atrair sua atenção em algum momento. A Amazon está em todos lugares. Não se engane com a origem humilde na garagem de Jeff Bezos, pois a gigante do ecommerce estabeleceu sua dominância no mercado na última década. Junto com a Apple, a Amazon é a outra única companhia que atinge a marca dos trilhões em capitalização de mercado, através de um padrão bem estabelecido de inovação,ressignificação de marketing para e-commerce e um trabalho sólido do seu CEO, Jeff Bezos, o homem mais rico do mundo. Para profissionais de tecnologia, marketing, startups, e-commerces e negócios exclusivamente online, a Amazon é a marca referência de excelente aplicação de estratégias de UX e UI.

 

Para se tornar esse referencial de compra e venda de qualquer produto online, o marketing da Amazon desenvolveu uma cultura interna utilizando todos os canais possíveis para manter novos clientes e futuros consumidores engajados, além de clientes ativos interessados na recompra. E-commerces mundo afora têm sido fortemente influenciados pelas estratégias da Amazon. São ações agressivas e inovadoras, orientadas ao usuário.

 

Dizer que a Amazon domina as estratégias de SEO é eufemismo. A gigante de Bezos utiliza avaliações feitas por usuários para rankear páginas de seus produtos nas primeiras posições com facilidade. No entanto, essa é uma ideia desenvolvida na década de 1990. Existe uma série de inovações e tendências que a Amazon estabeleceu, e que agora se tornaram o procedimento padrão operacional para todos profissionais de e-commerce e marketing. Na visão de Jeff Bezos, a Amazon deve oferecer a melhor UX do mundo. E até agora, tem sido difícil para a concorrência competir. 

 

Mas como a Amazon usou a UX para se beneficiar no mercado? Vamos listar alguns pontos importantes nesse processo.

melhor ux definidos por geração

O sucesso da Amazon com Baby Boomers e com a Geração X apenas comprova que seu UX e UI são tão eficientes e agradáveis que as gerações que mais demoraram para se conectar, e coincidentemente, as que na maioria das vezes têm maior poder aquisitivo, navegam à vontade no e-commerce trilionário de Jeff Bezos, como se estivessem em um shopping center.

As estratégias de UX e UI Design da Amazon para virar o jogo no mercado do e-commerce

Primeiro, vamos rever rapidamente os conceitos de UI e UX. UI, sigla em inglês para interface de usuário, é o processo de desenvolvimento das interfaces de um site, plataforma ou app. De forma bem simples, podemos dizer que é o aspecto visual. Mas o desenvolvimento de UI envolve muito mais que uma combinação de cores, imagem e tipografias. Na UI, todos os elementos gráficos são desenvolvidos pensando na experiência do usuário, ou seja, na UX.

 

UX, ou experiência de usuário, é o processo de desenvolver uma interface que ofereça mais usabilidade e acessibilidade ao usuário. UX é a razão para os melhores apps e sites funcionarem. Se o usuário faz uso constante de determinado aplicativo ou plataforma, é porque sua navegabilidade é agradável, e isso passa pela UI, considerada um subprocesso de UX. Outros subprocessos de UX são pesquisa de mercado, criação de designs interativos, arquitetura de informação, desenvolvimento de wireframes e protótipos, planejamento de copy e conteúdo, e muitos outros.

 

Revisados os conceitos de UX e UI, vamos entender como a Amazon virou o jogo a partir de estratégias referentes a estes atributos. Comprar na Amazon é fácil. Em 2018, essa facilidade gerou um lucro de $258,22 bilhões, quase metade do que os norte-americanos gastaram online naquele mesmo ano. Para quem pensa em desenvolver um case de sucesso de UX e UI, existem algumas valiosas lições a serem aprendidas com a Amazon. Vamos conhecer algumas delas:

1 – Navegação fácil e opções de busca

Um dos diferenciais mais importantes do design de UX e UI da Amazon é a facilidade de navegar através do aplicativo e localizar os produtos que se está procurando. Essa navegação multiacesso é fundamental na estrutura de e-commerces com muitas ofertas. E é um mérito do time de UX e UI da Amazon. Além disso, a Amazon é responsável pela venda de 480 milhões de produtos através da opção “Venda na Amazon”.

2 – Menu suspenso de fácil navegabilidade

O menu suspenso, ou drop-down, é outra fascinante contribuição do time de UX e UI da Amazon. Ao contrário de outros e-commerces, a Amazon oferece uma descrição geral de cada seção do seu menu. Isso ajuda o usuário a localizar o que ele está procurando com boa assertividade na resposta.

3 – Itens similares e produtos recomendados

Se o usuário não encontrar um produto do seu gosto, a Amazon resolve o problema oferecendo uma lista de produtos similares ao procurado pelo usuário. Este processo único não apenas ajuda o usuário a encontrar produtos com mais facilidade, mas também é persuasivo a ponto de influenciar o usuário a comprar mais.

Outro recurso incrível apresentado pelo UX e UI design da Amazon é o acompanhamento dos padrões de compra do usuário. Este atributo oferece ao usuário uma lista de novos produtos similares ou produtos que voltaram recentemente ao estoque. É um método inteligente de persuadir o usuário a fazer a transação instantaneamente, levando a mais compras através da ação. 

4 – Avaliações feitas por usuários

É muito comum que, durante uma procura por produtos na Amazon, o usuário confira as avaliações de outros clientes antes de efetuar a compra. Avaliações feitas por usuários são umas das ferramentas de UX melhor utilizadas pela Amazon. Um usuário ganha o status de “principal avaliação positiva” ou “principal avaliação crítica” conforme outros clientes da Amazon validam seu review. A experiência é extremamente agradável para o usuário, e contribui com a Amazon proporcionando insights informativos sobre seus consumidores.

5 – Fotografe o produto para procurá-lo ou escaneie seu código de barras

Os desenvolvedores de UI e UX da Amazon produziram uma interface baseada em poupar o tempo do usuário. A ferramenta de fotografar objetos nas opções de busca auxilia o usuário a encontrar os produtos através de fotos ou o escaneamento de seus códigos de barras.

6 – Pedidos a um clique e formas de pagamento acessíveis

A Amazon mudou o cenário do e-commerce ao introduzir a facilidade de pedidos a apenas um clique. Usuários querem comprar seus produtos em menos tempo possível, principalmente porque eles odeiam muitos cliques.

Nesse recurso, a Amazon oferece opções de pagamento que permitem ao usuário salvar suas informações de cartões ou carteiras digitais para utilizar no futuro. Só esse processo poupa muito tempo, indo direto para a parte que importa: comprar.

A Amazon também tem sua carteira digital chamada Amazon Pay, que auxilia em recargas de crédito para celular e pagamentos de contas como eletricidade, por exemplo. O recurso não está disponível em todos os países, mas na maioria deles os usuários podem aproveitar mais essa facilidade.

7 – Tipografia e temas simples, de fácil leitura

A Amazon sempre focou mais em vender produtos e estabelecer vínculos com seus consumidores do que construir uma interface complexa e esteticamente disruptiva, sempre optando por interfaces sóbrias, mas atrativas. Para o UI da Amazon, simples é muito melhor do que complexo. E para seu usuário também.

8 – Reconhecimento de voz para busca

A equipe de UX e UI da Amazon desenvolveu uma tecnologia única, o reconhecimento de voz para facilitar as buscas. Foi este recurso, uma verdadeira aula de usabilidade, inclusão e tecnologia, que tornou a Amazon uma empresa tão popular, e introduziu a inteligência artificial Alexa para auxiliar os usuários ao ouvir suas demandas.

9 – Rastreio de produto rápido e economia de tempo nos procedimentos de serviço ao consumidor

A Amazon permite ao usuário rastrear a localização do seu produto comprado. Estas localizações oferecem informações apropriadas e precisas, juntamente com detalhes de contato da empresa ou profissional responsável pela entrega. Além disso, usuários ficam satisfeitos com a possibilidade de acessar informações sobre sua compra a qualquer momento e de qualquer lugar.

Outro aspecto positivo que faz da Amazon um case de sucesso em UI e UX design é que os usuários sempre são respondidos prontamente ao buscar ajuda nos serviços de atendimento ao consumidor. O usuário pode falar com um atendente real para resolver suas dúvidas via chat ou você pode ligar para a empresa. Por isso os consumidores da Amazon são tão leais à marca.

case de sucesso ux amazon

 

Se minha empresa seguir os passos da Amazon, eu consigo transformá-la em um case de sucesso em UX e UI Design?

Usabilidade e tecnologia são os pilares da Attri. Combinamos estratégias de UX e UI em diferentes frentes digitais onde sua empresa pode se posicionar. Nosso time de desenvolvedores UX e UI trabalha em parceria com os squads de mídia, planejamento, atendimento, design, conteúdo e copy, para que a experiência de usuário oferecida pela sua empresa fidelize o público-alvo e se retroalimente de insights oferecidos por estes clientes durante o uso de um app da sua marca ou da navegação em seu e-commerce. É possível se inspirar no melhor que a Amazon tem a oferecer, sempre contextualizando o seu negócio no segmento a que ele pertence. Na Attri, somos movidos por transformar cases de UX em cases de sucesso. E aí, vamos começar pelo seu empreendimento? 

Fale com um especialista

Compartilhe

Quem escreveu este conteúdo:

Matias Lucena

Matias Lucena, bacharel em Publicidade e Propaganda pela Universidade de Caxias do Sul (UCS), redator publicitário, ilustrador de final de semana e apaixonado por música, futebol, quadrinhos e cinema. The Wire é o melhor storytelling da TV, mas meu coração vai estar sempre com a Família Soprano.

Inscreva-se em nosso blog

Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email