Índice

Para mais conteúdos como este, cadastre-se para receber nossa newsletter.

Quero receber

Compartilhe

O UX (User Experience), ou experiência do usuário, é uma estratégia cujo objetivo é entregar ao usuário uma experiência satisfatória ao navegar e utilizar um site ou aplicativo. Uma boa estratégia de UX envolve interfaces agradáveis, navegabilidade intuitiva e funcional, conteúdo interessante e, principalmente, a resolução dos problemas do usuário.

A experiência de usuário para e-commerce é fundamental. O CEO da Amazon, Jeff Bezos, sempre foi conhecido pela sua obstinação na construção de uma experiência de usuário perfeita para seu público. Bezos costumava dizer que “se você constrói uma grande experiência, consumidores vão contar uns para os outros sobre a experiência”. E é sabido que uma jornada do cliente satisfatória gera engajamento e divulgação espontâneos, ocasionando o surgimento de advogados da marca.

Delivery ecommerce

O delivery é um dos pontos altos da jornada do consumidor em um e-commerce e passa pela estratégia de UX e UI. Mas não acaba aí: depois, ainda há muito trabalho a ser feito pela marca.

 

O UX é essencial na jornada do consumidor em um e-commerce. De layouts atraentes a CTAs estrategicamente dispostos na interface, cada detalhe favorece a experiência do cliente. E como a jornada do consumidor passa por uma série de etapas, a estratégia de UX precisa ter uma visão macro de todo o processo do cliente. Ainda mais quando se tratam de compras e os valores que as pessoas dão às marcas e produtos.

 

Mais que estética, o UX aplicado no e-commerce calcula cada reação do usuário durante a navegação. A ordem dos produtos deve ser intuitiva, mantendo o usuário no site. Enquanto ele busca por um determinado produto, a codificação já precisa responder com equivalências de produtos ou de conteúdo para mantê-lo interessado. 

 

Como já falamos anteriormente em um artigo específico, o ROI (Retorno sobre Investimento) é uma excelente forma de calcular o investimento feito pela empresa a partir da experiência do usuário no e-commerce. Quanto maior o número de conversões dentro do site, mais assertivo o investimento. Sabendo que o site vende por si, a empresa pode investir em outras estratégias de marketing, seja para reforçar a presença digital da marca, seja para buscar novas formas de conversão.

roi ecommerce

O ROI é uma forma de calcular o investimento a partir da experiência do usuário no e-commerce.

 

O sucesso de um e-commerce depende de vários fatores como a qualidade do conteúdo apresentado aos consumidores, a qualidade dos produtos e serviços oferecidos, e a qualidade do UX e UI (User Interface) design para o site ou app através dos quais as vendas são entregues.

 

É fácil perceber como as estratégias de UI e UX design desempenham um papel essencial no e-commerce. Microinterações claras e sinceras, transações e lógicas pensadas por completo, representações de produto que prendam a atenção, envio rápido de avaliações e comentários, processo de efetivação e pagamento de compras simplificado e outros detalhes que influenciam diretamente no potencial de lucratividade de um negócio de e-commerce, passam pelo trabalho de UX e UI. A estratégia de UX e UI no e-commerce é onde empreendedores e desenvolvedores trabalham juntos para satisfazer as expectativas da experiência do usuário.

A experiência de usuário no e-commerce é plenamente contemplada quando se evidencia uma marca forte, o uso efetivo de elementos visuais, segurança de informação do usuário, operacionalidade intuitiva, tornar simples para o usuário deixar sua avaliação ou comentário, e uma interface atrativa que não se sobrepõe aos aspectos diferenciais de um e-commerce, seja em app ou website. 

Aspectos essenciais de UX para e-commerce

O objetivo principal de uma estratégia de experiência de usuário para e-commerce é guiar os consumidores em suas jornadas para efetuar a compra. Aumentar a retenção do usuário no site é a chave para o lucro. Vamos conhecer os aspectos essenciais de UX para e-commerces:

ux para e-commerce diagrama

Aspectos fundamentais para uma experiência do usuário em e-commerce ser positiva

Usabilidade

Parte essencial de UX e UI Design para e-commerces é simplificar a jornada do consumidor, ou seja, nada de deixar o usuário perder tempo com menus carregados ou cliques desnecessários. Um menu transparente, carregamento de página veloz e uma avaliação efetiva por parte do usuário são maneiras de realçar a usabilidade de uma interface.

Utilidade

Falar de utilidade em UX para e-commerce é ter uma visão clara e honesta da essência dos produtos e serviços oferecidos. É um aspecto que ajuda os usuários a escolherem e comprarem produtos, além de contarem com serviços que eles realmente precisam.

Desejabilidade

 

A aparência e o sentimento de uma plataforma são capazes de transformar completamente a experiência do usuário em e-commerce. Bons designs de UX e UI tornam real a desejabilidade de retornar ao e-commerce mais vezes.

Acessibilidade

Um e-commerce que se propõe a vender para todos precisa de uma estratégia de UX e UI que abranja diversos tipos de usuários, de pessoas com deficiências a usuários com pouca escolaridade. Além disso, é possível criar diversas personas que comuniquem a mesma mensagem de formas diferentes, para públicos diferentes, tornando a experiência do usuário em e-commerce mais personalizada e próxima da realidade de cada um. 

Os pequenos atos que geram melhorias de UX em e-commerces

A experiência do usuário em e-commerce depende de muitos fatores, como uma interface agradável, uma navegabilidade simples e intuitiva, conteúdos que mantenham o cliente satisfeito durante toda a jornada, e principalmente, a chegada da compra no prazo estipulado e a conexão que se cria entre marca-usuário a partir de uma experiência satisfatória. 

A verdade é que o contexto pandêmico auxiliou e-commerces do modelo B2C (business to client) a experienciarem um salto considerável de 20,5% no seu Volume Bruto de Mercadorias em 2020.  O Volume Bruto de Mercadorias, tradução para GMV (gross merchandise value), é como se define o total de vendas de um determinado mercado em um determinado período. Boa parte dos vendedores concorda que uma estratégia eficiente de UX e UI design para e-commerce contribuiu para esse crescimento. E manteve a experiência do usuário em e-commerce extremamente relevante para 2021.

Atualmente, os e-commerces não apenas oferecem oportunidades de transações eletrônicas de B2C, como também em plataformas de usuários para usuários, como o Enjoei e o Mercado Livre. E, além disso, também incluem reservas, como mencionamos no artigo de Airbnb e UX, e vários outros serviços, como carteiras eletrônicas, bancos online e diferentes recursos que os consumidores utilizam diariamente.

Outro fato é que o contexto pandêmico fez a humanidade repensar sua forma de lidar com o trabalho, com a informação e com o consumo em um intervalo muito curto. O ano de 2021 está distante de 2019 e essa mudança de comportamento de usuários refletiu nos próximos pequenos atos que promoverão melhorias de UX em e-commerces.

Diferenciais essenciais em uma estratégia de UX e UI para e-commerces.

  • Home informativa

A interface inicial de um e-commerce precisa cumprir mais de uma tarefa, como convidar usuários, orientá-los em qual direção podem navegar pelo app ou site, apresentar uma série de informações e links, e muito mais. Na maioria das vezes, a página inicial, ou a home, é o primeiro vínculo emocional e visual do seu site/app. É ali que começa a experiência do usuário no e-commerce. E se nessa etapa as dores e desejos dos usuários forem encontradas através da conexão criada com a interface, já é possível introduzi-los às diversas categorias de soluções oferecidas.

  • A marca precisa estar visível logo de cara

O posicionamento da marca é essencial porque as primeiras impressões durante a experiência do usuário no e-commerce acontecem em menos de 50 milissegundos. Além disso, uma boa experiência de usuário no e-commerce se baseia em quão rápido ele encontra as categorias de produtos e serviços.

Aqui, o branding se apoia no UI design, porque formas, cores, ilustrações, ícones, tipografias e outros recursos visuais da interface ajudam os usuários a se reconhecerem e se conectarem com a marca.

  • CTAs relevantes posicionados estrategicamente

Quando a pessoa inicia sua experiência de usuário em um e-commerce, é importante que ela seja recebida com CTAs (calls to action) específicos. CTAs são frases curtas que estão associadas a hiperlinks e conduzem o usuário a navegar pelo site ou app durante sua jornada. Frases genéricas devem ser evitadas, porque normalmente não dizem ao usuário do que se trata a próxima fase da sua experiência. A maioria dos e-commerces cria uma série de CTAs bem chamativos e faz mudanças em suas páginas de direcionamento para impulsionar vendas promocionais, focando em seus últimos estoques, descontos e itens populares. Essa escolha torna fácil para o usuário chegar rapidamente ao objeto de compra, com poucos cliques.

 

  • Navegação simples para as primeiras etapas da jornada de compra


Se a experiência do usuário em e-commerce começar por uma navegação complicada, a desistência é certa. Interfaces precisam ser mais que atraentes, precisam ser funcionais. Navegação clara e intuitiva é o presente e o futuro da experiência do usuário no ecommerce. 

 

  • Imagens de produtos em alta definição e apresentações chamativas

 

Usuários de e-commerces não podem tocar ou sentir os produtos que eles estão comprando. Então, imagens de alta qualidade e apresentações atrativas vão dar ao cliente a confiança que ele precisa para efetuar essa compra. Recursos que comparem as dimensões ou texturas de um produto, e que tornem possível na experiência do usuário em e-commerce tirar todas as provas que seriam possíveis presencialmente.

 

  • Landing pages para propósitos específicos

 

O UI Design costuma ser aplicado em apps e sites complexos e repletos de informação.

Dentro de um site, o uso de landing pages, ou páginas de direcionamento, tem como objetivo levar a atenção do usuário para um conteúdo mais específico e relevante. Se a landing page tem apenas um foco, fica mais fácil para os usuários encontrarem o que eles estão procurando. Essa é uma excelente forma de aperfeiçoar a experiência do usuário em e-commerce. E o desenvolvimento de UX e UI da landing page é importante para o usuário efetuar sua compra.

 

Estratégias de UX e UI design são essenciais para o sucesso de um e-commerce. O usuário precisa ter uma experiência marcante e positiva em seu site ou app que vai muito além da compra. Na Attri, nossa equipe de desenvolvedores e designers de UX e UI está constantemente se atualizando para entregar os projetos mais assertivos aos clientes e seus públicos. Se você quer um e-commerce que proporcione uma experiência do usuário satisfatória, entre em contato com nossos especialistas para agendar uma conversa.

Fale com um especialista

Compartilhe

Quem escreveu este conteúdo:

Matias Lucena

Matias Lucena, bacharel em Publicidade e Propaganda pela Universidade de Caxias do Sul (UCS), redator publicitário, ilustrador de final de semana e apaixonado por música, futebol, quadrinhos e cinema. The Wire é o melhor storytelling da TV, mas meu coração vai estar sempre com a Família Soprano.

Inscreva-se em nosso blog

Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email