Índice

Para mais conteúdos como este, cadastre-se para receber nossa newsletter.

Quero receber

Compartilhe

Cocriação gera inovação, e inovação é a mina de ouro do século 21. Grandes empresas de diversos segmentos deram seus primeiros passos rumo ao sucesso com apenas alguns rabiscos de ideias. Hoje estão entre as 500 maiores empresas do mundo. Muitos desses rabiscos iniciais são feitos sem um único centavo de investimento. Apenas com a boa e velha teoria do 99% transpiração e 1% inspiração. Criativos então se juntam com pessoas de boas ideias, habilidades e conhecimentos, para moldar uma startup ou um negócio inovador.

Mas o que é Cocriação?


A cocriação está relacionada à prática das empresas que buscam a inovação por meio da de pessoas. Isso atrai bastantes benefícios para todas as partes que contém interação com o desenvolvimento do Projeto

No passado, as empresas tinham como foco fornecer apenas seus bens e serviços.
Hoje, a combinação de competitividade e busca por inovação de mercado está mudando a forma de pensar e o comportamento da empresa.
Isso torna a cocriação uma forma de encontrar novas soluções por meio da sabedoria coletiva. A cocriação teve um impacto.
Vivemos em uma sociedade que se preocupa cada vez mais em participar da construção de novas ideias, visando o aprimoramento e a satisfação de suas necessidades.
Para que essa estratégia funcione são necessários 4 Pilares essenciais:

 

  • Diálogo entre as partes para atingir os objetivos traçados; 
  • Acesso de ambas as partes a recursos e informações; 
  • Compreensão dos Benefícios e Riscos da estratégia
  • Congruência e transparência entre todas as partes interessadas e suas respectivas ações 

O uso mais comum de cocriação é através da colaboração com usuários e fornecedores. Mas, na prática, como funciona? Quando conversamos sobre colaboradores, todas as partes ficam mais interessantes identificar, aliás, todos querem ter contato direto com o Produto.

Seja criando processos, sistemas  ou tornando mais eficazes os canais de comunicação, é de extrema importância resolver problemas de comunicação na empresa!
No que se refere ao processo de cocriação com os usuários, há duas vantagens marcantes: a relação entre o usuário e a marca é mais próxima, e o resultado está mais próximo das necessidades do público-alvo. Assim, os produtos e / ou serviços disponibilizados acabarão por se tornar uma vantagem competitiva exclusiva, aumentando assim as hipóteses de sucesso no mercado.

Cocriação entre designers na paleta de cores

Quais benefícios essa estratégia oferece?

Atualmente, considerar a satisfação do cliente com sua marca é necessário para o sucesso de qualquer empresa.
Levando essa informação em consideração, as organizações precisam inovar estrategicamente, e a cocriação é uma boa escolha.

Quando falamos em cocriação com a empresa, o principal benefício é a capacidade de otimizar todos os processos organizacionais. Em outras palavras, torna a atividade mais precisa, mais eficiente e mais barata.

 

Exemplos de Cocriação e Inovação

Nesse universo do empreendedorismo de ‘startup’ é comum encontrar boas ideias, mas com pouco capital para investimento. Os empreendedores precisam literalmente se virar nos 30” para construir seu negócio. Daí surge a cocriação: junção de habilidades, conhecimentos e “permutas” para um fim maior.

A cocriação incentiva criadores de diversas áreas a se juntarem para criar um único propósito. Por exemplo: sua ‘startup’ precisa de um ‘app’ e divulgação nas redes sociais. Você convida um desenvolvedor e uma agência de comunicação digital para fazer parte do seu time. Em troca oferece algo além do dinheiro, pode oferecer uma participação nos lucros futuros, ou quem sabe até uma sociedade. Aquela famosa permuta que faz bem para ambos os lados da moeda. Além de ter todos os benefícios de uma campanha digital, você pode gerar interações acima do esperado com seus consumidores, através de um bom posicionamento de marcas nas redes sociais.

Existem projetos sociais e até grandes empresas que um dia utilizaram ou utilizam da cocriação para gerar inovação. Com pensamento de levar exclusividade para o mercado. Veja abaixo alguns exemplos bem legais.

Google

O Google é uma das maiores empresas revolucionárias do mercado de tecnologia e inovação. A empresa deixa disponível para todos um espaço de Co-Working para gerar cocriação fantasiada de inovação. Jeitinho Google de lidar com a sociedade e levar ainda mais novidades para a população mundial. Esse espaço se chama Campus Party, tem aqui em São Paulo, bem no coração da cidade e basta você se inscrever pelo site para ter acesso livre ao campus.

Papel & Caneta

Um projeto na área de comunicação que junta profissionais de propaganda e criativos para cocriar uma campanha em benefício da sociedade global. São diversos temas em diversos países. Já contou com a cocriação de mais de 100 profissionais para a criação de uma campanha de conscientização social. Vale a pena se juntar e acompanhar o projeto. No site papelecaneta.org é possível fazer o download para saber mais sobre o projeto.

Mesa & Cadeira

Participei da Mesa & Cadeira como maker - o profissional que é chamado para atuar com a mão na massa na construção do protótipo a ser gerado.

Mesa & Cadeira

Na mesma pegada da área de comunicação, a Mesa & Cadeira é um projeto de cocriação para inovações de marcas e produtos/serviços. Basicamente, é colocado um briefing sobre a mesa e os participantes do projeto têm até 6 dias para solucionar o problema do cliente. Funciona assim: um líder na ponta da mesa, profissionais talentosos e um projeto. Para fazer parte basta se inscrever no site e torcer para te chamarem.

Coca-Cola

A Coca-Cola lançou em 2015 uma plataforma online para cocriação de ideias e soluções sociais. Quem quiser participar é só inscrever a sua ideia a partir de um mini briefing apresentado pela Coca-Cola. As três ideias mais inovadoras e que solucionam o briefing apresentado, recebem um prêmio em dinheiro. Acompanhe as novidades no Coca-Cola Open Up.

 

Coca cola arte

Coca Cola Open Up

 

Fiat

A Fiat lançou um desafio aos seus consumidores: criar um carro do futuro. Essa estratégia de cocriação foi aceita por mais de 17 mil pessoas que ajudaram a desenvolver a ideia de um carro que atendesse o conceito futurístico. Você pode ver o resultado em um filme de 7 minutos que a marca lançou no YouTube:

Lego

Um dos produtos mais famosos e adorados por crianças de todas as idades desenvolveram, exclusivamente, um hotsite para ideias de KITS de LEGO para venda. Você pode montar diversas ideias de cenários, bonecos, cidades, profissões e até planetas inteiros com os LEGOS da empresa. Após essa cocriação, basta postar no site. As melhores ideias e as que chegam a 10 mil votos pela população mundial, são analisadas pelos técnicos da LEGO. Se aprovado o projeto, o kit é fabricado e distribuído para o mundo todo. O cocriador do kit ainda ganha um percentual das vendas e os créditos de criador daquele kit. Legal né? Conheça mais o projeto em: LEGO

Lego cocriação

LEGO® SERIOUS PLAY®

Esses são apenas alguns exemplos de empresas que utilizam da cocriação para geração de inovação. Uma estratégia que envolve consumidores e a sociedade para interagir com os negócios potenciais da empresa. Inovar e envolver seu consumidor para movimentar ideias e soluções globais, gera muito mais do que vendas. Pode gerar cultura social e estimular o pensamento criativo da população.

Cocriação no Brasil

Estamos se aproximando do universo da Cocriação

Segundo o Ibope, mais de 60% das empresas brasileiras já realizaram algum projeto baseado na colaboração e participação das pessoas. Interessante né?

Tendência inovadora

A cocriação está em alta e a tendência é de crescer cada vez mais no mercado mundial. Inovação gera mais inovação. O pensamento empreendedor está presente em diversas pessoas ao redor do mundo e competir com a maioria delas é quase impossível. Dar espaço para cocriar com elas é uma maneira inovadora de gerar novos negócios. Um dado do IBOPE mostra que cerca de 60% das empresas já utilizaram cocriação para movimentar seus negócios. Os consumidores estão dispostos a fazer parte da criação de algum produto ou serviço em benefício da sociedade, com vínculo de uma grande empresa. A imagem da empresa em questão se torna positiva e pode atrair mais vendas com mais consumidores.

Gostou desse post? Então leia e acompanhe nosso blog. Compartilhe com seus amigos, sua opinião e esteja aberto para a cocriação.

 

Fale com um especialista

Compartilhe

Quem escreveu este conteúdo:

Pedro Hermano

Pedro Hermano, bacharel em Publicidade e Propaganda pela (ESPM), especializado em Branding e Planejamento Estratégico de Marcas na McGill University, no Canadá e em Marketing Digital em Harvard. Pós-graduado em Gestão de Negócios pela Fundação Dom Cabral (FDC) e atualmente é sócio-fundador e diretor de criação da Attri. Em 2018, foi eleito Profissional Digital do Ano pela ABRADi-SP.

Inscreva-se em nosso blog

Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email