Índice

Para mais conteúdos como este, cadastre-se para receber nossa newsletter.

Quero receber

Compartilhe

Uma das maiores plataformas de publicação do mundo, o WordPress é um verdadeiro fenômeno, a ponto de alimentar mais de 35% de todos os sites da web. E não é à toa: por ser um software de fácil utilização, ele acaba sendo a opção mais viável para diferentes tipos de negócios. Mas será que segue sendo válido utilizar o WordPress em 2021

Primeiro, é importante entender que cada caso é um caso. Assim como muitas plataformas, ele tem vantagens e desvantagens. Mas é uma tecnologia versátil: pode ser utilizada para a criação de blogs em WordPress, portfólios, sites de negócios ou lojas virtuais. 

Inclusive alguns sites bem famosos estão hospedados por lá, como o do jornal The New Yorker, da Sony Music, da Casa Branca e até mesmo o da Beyoncé.

As vantagens 

Mas afinal, por que tantos tipos de negócios optam pelo WordPress? Bom, o primeiro ponto é que ele é extremamente intuitivo, além de ter uma instalação facilitada, que pode ser feita em 5 minutos. 

Seu código é aberto, o que significa que pessoas do mundo todo podem estudar, modificar e fazer testes pela plataforma. Ou seja: você não vai precisar de um designer e um desenvolvedor para mexer no seu site. No entanto, com um profissional, é possível investir mais no desenvolvimento em WordPress e deixá-lo ainda mais personalizado. 

Também é uma plataforma constantemente atualizada, uma consequência dessa comunidade tão ativa que aprimora sempre o WordPress. Por exemplo, desde a sua criação, já foram feitas mais de 75 atualizações que melhoraram a usabilidade do sistema. 

Além da versão gratuita, existem também 3 outros planos para o WordPress: pessoal, premium e negócios. O modelo grátis traz diferentes limitações, então, para trabalhos mais complexos, o ideal é fazer investimentos para aprimorar a plataforma. No entanto, ter diferentes planos faz com que a plataforma atenda a vários tipos de necessidades, o que contribui para sua popularidade. 

Desvantagens 

Além das vantagens do WordPress, existem alguns pontos que fazem com que esse sistema CMS não seja a melhor escolha em algumas situações. A plataforma não oferece nem um tipo de suporte técnico para os seus usuários, por exemplo. E os temas gratuitos, apesar de serem muito facilitadores e práticos, ainda podem colocar seu site em risco. 

Esse não é o único problema de segurança. Quem não investe em uma proteção maior pode ficar extremamente vulnerável a ataques de hackers, por exemplo. Existem também falhas de SEO, mesmo quando plugins são usados, então quando um site é desenvolvido com uma atenção especial para essa área, ele poderá performar melhor.

Mas e aí, ainda vale a pena?

Bom, o WordPress ajuda a democratizar a criação de sites e blogs, então sempre vai ser uma opção que vale a pena, principalmente para quem está começando e ainda não tem muita verba para investir. Com os WordPress Plugins, por exemplo, você pode incrementar a sua página, o que pode ficar ainda mais potencializado se você contar com ajuda profissional de um designer e um desenvolvedor. 

Plataformas como WordPress ou Wix são úteis e é importante que elas existam. A questão não é tanto qual CMS você vai utilizar, mas sim, se você vai contar com profissionais que possam fazer com que o seu site seja intuitivo, agradável esteticamente e que comunique tudo o que sua marca é. Para o uso profissional, não basta a sua página estar no ar, é necessário que ela tenha sido pensada de maneira a proporcionar a melhor experiência possível ao usuário. 

E isso pode sim acontecer pelo WordPress. Em 2021, o que verdadeiramente importa é que seu site esteja pensando na experiência do usuário, o UX, sendo um espaço de fácil usabilidade, útil, que o consumidor consiga enxergá-lo como confiável e que desperte no usuário exatamente as sensações que você quer gerar — vontade de comprar, de ler, de interagir. 

Como fazer isso? Bom, aqui no blog temos várias dicas que podem ajudar a começar a entender esse universo. E caso queira um parceiro para desenvolver seu site ou app, não deixe de entrar em contato com a gente!

Fale com um especialista

Compartilhe

Quem escreveu este conteúdo:

Ana Clara Barbosa

Ana Clara Barbosa é jornalista, formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, com experiência em produção de conteúdo para redes sociais e blogs, revisão e marketing de influência.

Inscreva-se em nosso blog

Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email